Tudo que publicaram da plataforma 72 horas na imprensa

Confira as publicações, entrevistas, matérias e artigos sobre o 72 horas. Para contato com a imprensa, envie um email para omaisfranco@gmail.com ou para plataforma.72horas@gmail.com

Uol | 17/11/2020 — Flávia Biroli, Rachel Callai Bragatto e Luiza Jardim, do Observatório das Eleições apontam que as eleições municipais de 2020 tiveram recorde na proporção de candidatas mulheres e de candidaturas negras. Além disso, o pleito foi marcado pelas regras de distribuição dos recursos a estes dois grupos com histórico de sub-representação política. https://noticias.uol.com.br/colunas/observatorio-das-eleicoes/2020/11/17/diversidade-e-financiamento-os-fundos-publicos-e-a-democracia.htm

Veja São Paulo | 17/11/2020

https://vejasp.abril.com.br/cidades/votos-de-covas-custaram-mais-que-o-dobro-dos-de-boulos-no-primeiro-turno/

Folha de Pernambuco | 17/11/2020

https://www.folhape.com.br/politica/homens-e-brancos-seguem-privilegiados-apos-declaracao-de-65-de-toda/162397/

Folha de S. Paulo | 17/11/2020 _ Ranier Bragon, jornalista da Folha de S. Paulo descreve que Homens e brancos seguem privilegiados, após declaração de 80% de toda a verba pública eleitoral. Confira https://www1.folha.uol.com.br/poder/2020/11/homens-e-brancos-seguem-privilegiados-apos-declaracao-de-65-de-toda-a-verba-publica-eleitoral.shtml

Folha de S. Paulo: Matéria elucidativa do Ranier Bragon e Guilherme Garcia para Folha de S.Paulo com a contribuição da 72horas.org — plataforma online que divulga os dados do TSE de forma simplificada para que possamos compreender e questionar a dinâmica do repasse dos fundos eleitoral (FEFC) e partidário (FP). Campanhas eleitorais têm dinheiro público e cabe a nós fiscalizar. https://www1.folha.uol.com.br/poder/2020/11/partidos-descumprem-regra-de-repasse-de-verba-de-campanha-para-negros-e-mulheres.shtml

Capricho https://capricho.abril.com.br/comportamento/nao-da-mais-pra-politica-ser-so-coisa-de-homem-cis-branco-hetero-e-rico/

DCM https://www.diariodocentrodomundo.com.br/essencial/apesar-de-serem-maioria-na-eleicao-candidaturas-negras-receberam-42-a-menos-do-que-brancas/

Folha de São Paulo https://www1.folha.uol.com.br/poder/2020/11/verba-publica-de-campanha-se-concentra-na-mao-de-apenas-2-dos-candidatos.shtml

UOL https://noticias.uol.com.br/eleicoes/2020/11/16/eleito-em-salvador-bruno-reis-e-o-prefeito-melhor-colocado-em-capitais.htm

Congresso em Foco: O prefeito e candidato à reeleição em São Paulo Bruno Covas (PSDB) recebeu a maior quantidade de repasses dos fundos eleitoral e partidário em todo o país até o momento, segundo a plataforma 72 Horas, especializada no monitoramento do financiamento eleitoral. Os dados foram coletados por meio de filtragem no sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). https://congressoemfoco.uol.com.br/eleicoes/covas-lidera-ranking-do-financiamento-publico-veja-os-dez-candidatos-mais-favorecidos/

Poder 360: Até agora, 27% dos recursos do Fundo Eleitoral foram repassados a candidatas. A porcentagem equivale a aproximadamente R$ 256 milhões, menos de 1/3 do total de R$ 2 bilhões do fundo do dinheiro público. Os dados são da plataforma 72 Horas, que acompanha a distribuição dos recursos públicos para todas as candidaturas do país. https://www.poder360.com.br/eleicoes/15-partidos-precisam-atingir-percentual-minimo-de-verbas-para-candidatas/

JORNAL GENTE, na Rádio Bandeirantes, a co-idealizadora da plataforma 72 horas, Fefa Costa, apontou: Apenas 45% do valor destinado às campanhas apareceu nas contas dos candidatos. Acompanhe: https://youtu.be/enLDmJOJ1Qg

Mapa Eleições Melhores 2020 — elaborado pelo Pacto pela Democracia — selecionou 70 iniciativas que têm como causa o aprimoramento do processo eleitoral no momento em que a democracia brasileira vive a sua maior crise dos últimos 30 anos. Mais uma endosso que nos fortalece na luta por legislativos e executivos plurais. http://eleicoesmelhores.org.br

Hypeness: “A Plataforma 72 Horas permite ao eleitor acompanhar, analisar e divulgar o funcionamento do repasse do fundo eleitoral, assim como a transparência de seu uso, combatendo a corrupção e orientando seu voto de forma clara e concreta.” Esse foi o destaque da revista Hypeness. https://www.hypeness.com.br/2020/10/plataforma-te-ajuda-a-monitorar-repasses-de-fundos-eleitoral-e-partidario/

Portal Geledes: Partidos descumprem regra de repasse de verba eleitoral para negros e mulheres: https://www.geledes.org.br/partidos-descumprem-regra-de-repasse-de-verba-eleitoral-para-negros-e-mulheres/?utm_source=pushnews&utm_medium=pushnotification&fbclid=IwAR2E1o4Hz2nBpEwyp94vfFnje9VNhD5FngsP1IcNJmLLBU1whCm8GDwPDSI

Portal Cada Minuto, a co-fundadora do Vote Nelas, a administradora Maisa Diniz destaca importantes ferramentas que podem ajudar as candidatas. Entre elas, a platforma “72 Horas” (https://72horas.org/) que informa, com base nos dados do TSE, os valores repassados pelo Fundo Partidário e pelo Fundo Especial de Financiamento de Campanhas (FEFC) para candidatos de todo o Brasil. https://www.cadaminuto.com.br/noticia/2020/11/01/ferramentas-e-campanhas-incentivam-participacao-das-mulheres-na-disputa-eleitoral-deste-ano

Yahoo Notícias: Segundo o IBGE, mulheres são 51,8% do Brasil (a maioria). 11,3% é uma estimativa que espelha a participação feminina na vida política brasileira? A 72horas.org traz números inconvenientes para todos os partidos. Leia abaixo o texto do Matheus Pichonelli para o portal Yahoo. https://br.noticias.yahoo.com/financiamento-eleitoral-tse-representatividade-candidaturas-femininas-122621138.html

Geledes: O portal negro de notícias mais importante no cenário, o Geledes, publicou a análise escrita por Luiza Jardim e Rachel Callai Bragatto do Observatório das Eleições de 2020, com base nos dados apresentados pela plataforma 72 horas. Acompanhe: https://www.geledes.org.br/em-eleicao-de-maioria-negra-partidos-investem-mais-nos-homens-brancos/

Observatório de Eleições | Uol: Em eleição de maioria negra, partidos investem mais nos homens brancos, é que o conclui o artigo escrito por Luiza Jardim e Rachel Callai Bragatto do Observatório das Eleições de 2020, com base nos dados apresentados pela plataforma 72 horas . Veja mais em https://noticias.uol.com.br/colunas/observatorio-das-eleicoes/2020/10/21/em-eleicao-de-maioria-negra-partidos-investem-mais-nos-homens-brancos.htm?cmpid=copiaecola

Carta Capital: na entrevista a Carta Capital, nosso conselheira Amanda Brito e co-fundadora do Vote Nelas, recomenda a plataforma 72 horas, confira: https://www.cartacapital.com.br/sociedade/eles-votam-nelas-campanha-convida-homens-a-elegerem-mulheres/

Vote Nelas: Na matéria “Desafio de nossa geração é ocupar esses espaços”,a grupo Vote Nelas recomenda o uso da plataforma 72 horas para todas as candidatas. Veja as publicações no Cada Minuto, Melhor Notícia, Tribuna do Agreste, Tribuna do Sertão, Folha de Alagoas, Correio dos Municípios, AL1 e Arapiraca.

Yahoo Notícias: Colunista Matheus Pichonelli conversa com especialista em comunicação sobre representatividade nas eleições 2020 e o projeto 72horas Acesse: https://www.instagram.com/tv/CGlNtVslIS8/?igshid=1t8vdbca520hm

Apoio do MCCE: A projeto 72 horas recebeu o paio importante do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral. Confira

CBN Show da Notícia: A especialista e pesquisadora Drica Guzzi, co-idealizadora do projeto 72 horas, foi entrevistada pela rádio CBN, onde deu detalhes sobre a plataforma. Veja e escute

Uol| Blog do Dunker: Coluna Mas agora parecem surgir robôs “do bem”, ou melhor “a” robô. A plataforma “72 Horas” promete informar, em tempo quase real, o trajeto e a distribuição do dinheiro nas diferentes campanhas eleitorais…. — Veja mais em https://www.uol.com.br/tilt/colunas/blog-do-dunker/2020/10/02/72-horas-para-acordar.htm?cmpid=copiaecola

Revista Fórum: A jornalista Fefa Costa, co-idealizadora do projeto 72 horas, participou do programa Café, da Revista Fórum e falou sobre a pesquisa feita para o desenvolvimento da plataforma. Assista

Nova Brasil FM: A co-idealizadora da plataforma 72horas, Drica Guzzi conversou com a Nova Brasil FM sobre como os recursos públicos estão sendo distribuídos entre as candidaturas. Acompanhe.

TV Democracia: Quer entender como se paga uma campanha política? Vem com a gente! A co-idealizadora do 72 horas, @costafefa com @florestanjr na @TVDemocracia_ Assista: https://www.youtube.com/watch?v=NbgH3UziPAY...

Veja-SP: Até o dia 12 de outubro, os candidatos brancos tinham recebido 79,23% da verba partidária (apesar de, como dito, serem 60% das candidaturas). Mulheres negras? Só 1,92% dos recursos — os dados são da plataforma @72horas. Leia mais em: https://vejasp.abril.com.br/.../capa-candidatos.../

ES Hoje: Faltando apenas 24 dias para as eleições municipais, apenas oito partidos repassaram o mínimo de 30% do fundo eleitoral destinado à candidatura de mulheres no Espírito Santo. Essa foi a análise do jornal . Leia: https://eshoje.com.br/apenas-oito-partidos-repassaram-verba-minima-do-fundo-eleitoral-a-mulheres-no-es/

Último Segundo: Das 33 legendas, 14 não cumpriram até agora a lei que determina o percentual de 30% dedicado para candidaturas femininas,essa foi uma análise dos especialistas Drica Guzzi, Paulo Dela Nora e Giseli Agnelli para o Congresso em Foco, reproduzida pelo portal ÚltimoSegundo: https://ultimosegundo.ig.com.br/politica/2020-10-21/candidatas-de-quase-metade-os-partidos-nao-receberam-verba-minima-nas-eleicoes.html.amp

Congresso em Foco: Das 33 legendas, 14 não cumpriram até agora a lei que determina o percentual de 30% dedicado para candidaturas femininas, essa foi uma análise dos especialistas Drica Guzzi, Paulo Dela Nora e Giseli Agnelli para o Congresso em Foco: https://congressoemfoco.uol.com.br/eleicoes/quase-metade-dos-partidos-ainda-nao-repassou-verba-minima-a-mulheres/

Sul 21: No Rio Grande do Sul, a maior parte do dinheiro do fundo partidário utilizado pelas 28 legendas que registraram seu uso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) foi destinado a candidaturas de homens brancos. Dos R$ 55.904.420 distribuídos entre os partidos, R$ 51.108.714, ou seja, 91,42%, foram para pessoas brancas, e 66,74% dos repasses foram para homens. As informações podem ser acessadas na plataforma 72horas.org, que faz o levantamento a partir de dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). https://www.sul21.com.br/ultimas-noticias/politica/eleicoes-2020/2020/11/em-2020-maior-parte-da-verba-partidaria-segue-indo-para-homens-brancos-no-rs/

A plataforma 72 horas promove educação política a partir da transparência de um dos elementos decisivos de uma eleição: o acesso aos